Ayam Ubráis Barco

O Rastilho

Play

O Rastilho

Não vamos cheirar
O rastilho de pólvora acesa
Quando a maré incendiar
O amor há de estar
Na dianteira a guiar

Amar é incendiar

Por tantas dores eles vão pagar
Acuados sem poder conter
Pois o rastilho não vai apagar
O que há prá afogar e
O que há prá reacender

A maré incendiar

Assim as crianças despertam a brincar
Pegam as balas na mercearia
As gudes na venda
Os badogues na feira
¿Por que aquietar na beira?

Se amaré incendiar

As ruas atadas estão a avançar
Certeiras no rumo por crer
No estopim desse dia raiar
Entre o que foi e será
Prontas prá amanhecer

Amaré incendiar