Ayam Ubráis Barco

O Silêncio

Play

O espírito me trouxe prá terra
Prá essas estranhas confusões
O instante em que as palavras iam embora às espumas
Poemas regados na pele por alfinetes
Cortes sorrindo ao sol
O silêncio está a salvo na aldeia

¿Mas o que direi ... mas o que direi?

O espírito me trouxe prá terra
Ainda confuso e solitário
Por poucos à beira de mim quase quis o meu fim
Sem fé nem feliz
Ruminantes por pedaços de espelho
Gradeando por uns grãos de centeio
Ruminantes por pedaços de espelho

¿Mas o que direi ... mas o que direi?

O espírito me trouxe prá terra
Como flecha em busca do arco
No encontro desses descaminhos desponta o alvo
Ele sempre esteve lá
Mesmo prá os que não souberam ver
Mesmo prá os que não quiseram ver
¿Quem irá alegar inocência?

¿Mas o que direi às flores pisoteadas?
¿Mas o que direi ... mas o que direi?
¿Mas o que direi às flores pisoteadas?