Banda Bipolar

Blá Blá Blá Blá Blá

Play

Pensamentos regurgitados, estou preso em meu passado.
A fortaleza já cedeu e nada aconteceu.
Entro em um redemoinho, procurando algum caminho.
Ouço vozes atordoadas, repetindo as mesmas palavras

Blá Blá Blá Blá Blá

Dividindo grupos sanguíneos, compreendendo raciocínios.
Sou meu próprio parasita, sob a névoa infinita.
Tente destruir um pouco mais, ó meu deus você é capaz de sentir o seu coração e toda aquela erupção.

Blá Blá Blá Blá Blá

Talvez traçamos nossos destinos, como os nossos intestinos, obrigado por suportar, todo esse Blá Blá Blá Blá Blá...

Blá Blá Blá Blá Blá