Banda Brasis

Êxodo

Play

Mesmo sofrendo calada
Não venha dizer nada
Do que eu já sei
Deixe as lágrimas de lado
Porque não temos tempo
Para nos perder

Não fique na contramão
Não atrapalhe não
O meu seguir
Já é hora de acordar e respirar
Esse novo ser

Mesmo que eu te mande em garrafas
Socorros luminosos
Cante outra vez
Mesmo com tantos motivos de não ser entendida
Tente outra vez

Dispare um novo canhão
Porque nesse chão germinará

A alma de alguém
Que você um dia se pôs
Na terra a querer

Mesmo sofrendo os pedaços
Desse caminho
Tente outra vez
O sorriso é o mesmo

A voz é a mesma
Mas os meus pés nããããão