Banda Cataia

Pra quê mudar

Play

Tatos e fatos tão iguais
e tão menos parecidos
fazem dessa noite algo simplesmente mágico
poético, coisas que meu coração podem e
não podem e está próximo a escutar
Mesmo assim eu fico calmo
Vendo essa fumaça saindo dessa brasa incandescente
aí eu grito

Sou a terra o interior
Sou razão pra tudo isso aí
Sou mistério Sol e Lua
Herança da mestiça Shirua
Que nos ensinou a caminhar
Aprendemos com a Lua
O segredo de fadas e sacis
A Cataia é tudo isso aí
amor, paixão e raíz
amor, paixão e raíz

Mais ê pra quê mudar
Se o que eu quero é forrozear
Mais ê pra quê mudar
Se o que eu quero é forrozear
Mais ê pra quê mudar
Se o que eu quero é forrozear
Mais ê pra quê mudar
Se o que eu quero é forrozear

Certifico os meus versos e prantos
Pra que voem suave por suave agora é que sou eu
Abro caminho pra essas palavras
Pra que elas te encontrem mesmo sob a escuridão
No silêncio da cumplicidade
São os conselhos de vida delito primeiro
Sua beleza é comparada a uma flor
Sendo os teus encantos reinventando o reinventado

Mais ê pra quê mudar
Se o que eu quero é forrozear
Mais ê pra quê mudar
Se o que eu quero é forrozear
Mais ê pra quê mudar
Se o que eu quero é forrozear
Mais ê pra quê mudar
Se o que eu quero é forrozear