Barbosa Lessa

Tatu

Play

Eu vim pra contar a história
De um tatu que já morreu
Passando muito trabalho
Por este mundo de Deus.

Anda roda, o Tatu é meu,
Voltinha-no-meio, o Tatu é teu (bis)

O Tatu é bicho manso
Nunca mordeu a ninguém:
Só deu uma dentadinha
Na perninha do seu bem.

Anda a roda, o tatu-da-roça
Moça bonita da perna grossa. (bis)