Daniel Feittosa

Sem nome nem digital

Play

Olhe minhas m?os est?o t?o frias castigadas pela noite passada
Tal como o meu cora??o a minha alma estra?alhada por morar nas cal?adas
Quem ? a minha m?e que me deixou num desses becos com lixo nas cal?adas

Eu valho de alguma droga
Pra suportar minha dor e esquecer quem eu sou
E nesse piso molhado sinto a for?a
Do inferno me puxando pra baixo
No desespero eu gritei pelas ruas
Me leve pra casa me leve pra casa

Muita gente aqui passa me lan?am uma moeda
Acham que isso s? basta
A esperan?a que eu tinha investi numa pedra
Que at? hoje me traga
Agora a fome me arrasa mas amanh?
Isso passa amanh? isso passa

Sob o c?u existe um corpo
Aqui que n?o imune a dor
Que sente frio e desconhece o verdadeiro calor
Que adoece e n?o tem hospital
Frequentemente passa mal
Um ser humano somente sem nome nem digital