Daniel Fernandes

Lenda do Boi

Play

Lá pros cantos da bocaina
Tem muito toro arribado
Dentre eles um boi preto um maruá atarracado
Soberano em seu reino continua indomado
E o vaqueiro que o enfrentou largou da lia de gado

Refrão

Oi, oi, oi, oi,
Quero vê quem pega este boi
Oi, oi, oi, oi,
Quero vê quem doma este boi
Oi, oi, oi, oi,
Quero ver quem vai
Quem foi atrás da lenda do boi

Este bicho é perigoso de grande selvageria
Vive num desassossego é caçado todo dia
No estalo de um graveto finca o pé na camparia
Já cansei de ver vaqueiro voltar sem a montaria

(refrão)

Chegou lá na região um sujeito afamado
De espora e bombachas um cavalo equipado
Foi caçar o marrueiro e nunca mais foi avistado
Este fato espalhou a lenda do boi encantado

(refrão)

A estória se espalhou veio gente de todo lado
Gente lá da capital e também de outros estados
Parecia um formigueiro invadindo o povoado
Esta gente aqui chegou pra saber do encantado

(refrão)