Daniel Pessoa

A Rua Inteira e o Quarteirão (A Menina da Rua)

Play

A menina da rua bate um bolão,
Seja onde for que ela estiver
Tem sempre um ladrão
Querendo roubar seu coração

Até por que no outro quarteirão,
Todos sabem que existe um rei
Que só tem olhos pra ela,
E é por isso que eu sei.

A menina da rua sai pra dançar,
Nua ela nem é tão “tão” assim,
Se vai pra paquerar
Ela fica mais perto de mim

Ainda por que nesse quarteirão
Todo domingo é lei,
De tarde vai pra casa
Mas de noite eu não sei.

Ninguém,
Ninguém sabe se é pra outro ou se é pro rei?

Ninguém, ninguém,
Ninguém ousa perguntar mais eu falei!
Ninguém.