Teixeirinha

Agora Tu Me Paga

Play

Minha platéia querida,
No desafio eu sou bamba!
Sou forte que nem leão,
Pesado como a caçamba,
Pesco peixe sem anzol,
Desmancho roda de samba!

Desmancha roda de samba,
Mas não desmancha um forró!
Mastigo pedras nos dentes,
Assopro fazendo pó
Sou forte que nem pantera,
Leão pra mim não é fera,
No desafio ando só!

No desafio anda só
Cebola, pimenta e sal!
Mudo o sertão prá cidade,
Mastigo cobra coral,
Viro prá cima um buraco,
De um burro faço um macaco
E da tua bocaum castiçal!

Da minha boca um castiçal,
Transformo o pavio de vela!
Faço os rios corre prá cima,
Da tua boca uma gamela,
Transformo um galo em galinha
E transformo o teixeirinha numa bonita donzela

Numa bonita donzela
Quer transformar mais não pode
Faço um poço no espaço
E um valente manter ordem
Transformo a sede na fome
Transformo mulher em homem
Suíça barba e bigode!

Suíça barba e bigode
No meu rosto isso não cola
Faço o céu descer na terra
O bugiu usar cartola
Faço um manso ficar bravo
E o teixeira criar rabo
Que nem macaco de angola!

Que nem macaco de angola
Menina eu não sou atário
Eu faço o mar ficar doce
E tu compra um rosário
Tomar café por cerveja
Morar no fundo da igreja
E puxar saco do vigário!

Puxar saco do vigário
Agora isso me doeu
É melhor tu puxar o saco
De algum parente teu
Que tem cara de tacha
É uma raça mais baixa
E merece mais do que eu

Merece mais do que tu?
Não fala minha gente
Faço a noite ficar dia
E tu morre de desejo
Querendo me dar um beijo,
Prá ver se o meu gbeijo é quente!

Prá ver se teu beijo é quente
Não quero estou me opondo
Faço um chinelo quadrado
E um sapato redondo
Sai daqui cara de queijo
É melhor tu ir dar beijo
No ferrão de um marimbondo

No ferrão de um marimbondo
Prá não me dar ferroada
Eu transformo o marimbondo
Numa bela namorada
E se eu der um beijo nela
Tu vai coçar as canelas
E chorar apaixonada!

Vamos csar na igreja
O juiz faz o papel
Vamos prá copacabana
Parar no melhor hotel
Adeus, que o teixeirinha
Com a mery terezinha
Parte para a lua de mel.