Telavive

Falsa Crente

Play

Eu tinha uma vizinha, pinta toda de certinha
Que ia ajoelhar-se no altar
Mas depois da sexta feira e depois da bebedeira
Ela ia ajoelhar-se em outro lugar

Enlouquecia a molecada, com sua blusa decotada, comentada em toda roda bar
E quando usava sua sainha, não tinha uma vizinha que não queria lhe arrebentar

(Refrão)
Que sorte a minha ter uma vizinha assim
Vem aqui fazer uma oração pra mim

Eu tinha uma vizinha, pinta toda de certinha
Que ia ajoelhar-se no altar
Mas depois da sexta feira e depois da bebedeira
Ela ia ajoelhar-se em outro lugar
Que sorte a minha ter uma vizinha assim
Vem aqui fazer uma oração pra mim

(Refrão)

(Refrão)