Telerama

Diálogo

Play

I

Não vou me acostumar
A viver sempre assim:
A dividir meu ar com quem não me é afim
Mas, se você quiser, até renuncio a mim

Se for o caso, eu fico
Pra você não sofrer mais

Acalma o teu coração
Que eu prometo ficar ao menos até de manhã

II

Não vou me acostumar:
Aqui neste lugar, não há lugar pra mim
Só para alguém assim, como você:
Sempre metrificando o querer
Melhor deixar estar, não tem porque se entregar

Sei que é o caso, então sigo
Pra você ficar em paz
Sei que me dói, mas não ligo:
Cansei de me impor entre nós
Sei que é fato